Orador

voltar ao universo gráfico

...

Nome: Orador
Nome real: Nathanael Olano
Idade: 36 anos
Altura:
1,81 m
Peso:
83 Kg
Base de operação:
Cidade de Nova Virtude
Grupo:
Os Impensáveis
Histórico:
Nathanael era um menino órfão, que vivia em um orfanato e foi lá que descobriu seu poder de convencimento, ainda muito jovem, por volta dos 7 anos. Não demorou muito para ele perceber que, para sua habilidade funcionar, não bastava pensar num desejo, mas sim, que era preciso verbalizá-lo. Sendo assim, se outra criança esta brincando com algo que ele quisesse, bastava ele pedir, que ela lhe entregava, mesmo que não quisesse fazer isso. E não era só com as outras crianças que sua habilidade funcionava! Se ele dissesse para alguma supervisora ou servente que queria mais uma dose de sobremesa, que logo lhe serviam.

E, conforme ele ia crescendo, notava que seu poder também crescia. Em pouco tempo, o que parecia uma dádiva, tornou-se uma maldição. Seu poder estava saindo do controle e ele precisou se calar por algum tempo. Pelo menos, até ter a ideia de procurar um grupo de cientistas e convencê-los a criarem um capacete especial, capaz de inibir um pouco seus poderes, ao ponto de tornar possível o seu controle.

Inspirado pelas notícias dos grandes feitos dos muitos super-heróis brasileiros, decidiu que deveria usar seu dom em prol de um bem maior, resolvendo montar sua própria equipe de super-heróis.

Para isso, ele passa a visitar alguns milionários e os convence a se tornarem investidores da sua iniciativa. Agora, com o suporte de alguns milhões, ele constrói um quartel-general, contrata profissionais de apoio e veículos de suporte.

Como se considerava um pária, passou a procurar por outras pessoas com capacidades especiais, desgarradas da sociedade, com o objetivo de convidá-las a fazer parte de algo que parecia impensável: torná-los um grupo! Assim nasceu o superequipe por ele batizada como Os Impensáveis.

 

Sobre o poder do Orador:

Depois de convencer alguma pessoa, esta poderá ficar sobre sua influência para o resto da vida, desde que a sugestão não atente contra a segurança do influenciado. Ele pode, por meio de sugestão, liberar a pessoa de sua influência.

Para funcionar sobre uma ou mais pessoas, ele precisa ser ouvido e entendido.

Ele não exerce poder algum sobre uma pessoa com deficiência auditiva.

Como seu alvo precisa compreendê-lo, pessoas de outra nacionalidade não são afetadas por seu poder. E é por isso que ele, além da língua portuguesa, ele estuda outros idiomas, como o inglês, o espanhol, o francês e o mandarim.

Por aplicativos de comunicação, seu poder de convencimento é quase o mesmo que de qualquer um de nós.

Alienígenas só serão afetados por seu poder se entenderem algumas dos idiomas que ele domina. Ainda assim, ao contrário do que acontece com os humanos, sua influência sobre eles é temporária, dependendo da raça extra-terrestre.
 

Arte e cores de Vinícius Moura, com bases na concepção visual de Lorde Lobo.

ORADOR é um personagem criado pelo quadrinhista Lorde Lobo. Todos os direitos reservados ao autor.